Ateus não Dizem “Graças a Deus”

Enquanto aconselhava um casal à beira da separação, após quase 30 anos de casamento, uma pastora viu-se numa situação muito curiosa.

Enquanto a esposa chorava copiosamente, sentada no sofá, o marido, ateu convicto, com as malas prontas para sair de casa, permaneceu em pé por quase duas horas e meia, ouvindo com desdém todos os conselhos que a serva de Deus dava ao casal.

Em dado momento, o Espírito Santo ordenou-lhe: “Diga a este homem que Eu sei o que ele está pensando”.

Ela obedeceu e fez o que Deus lhe ordenou. O ateu caiu na gargalhada e, com deboche, perguntou:
– E o que é que eu estou pensando?
– Você está pensando o seguinte: “Se essa mulher é tão boa para dar conselhos matrimoniais, por que não salvou seu próprio casamento? Onde está o seu marido?”

O homem tentou disfarçar o susto, mas ficou visivelmente constrangido e envergonhado.

E a serva de Deus respondeu aos seus questionamentos:
– Meu marido não está aqui comigo por que fez exatamente o que você está fazendo: Fugiu do compromisso. Foi egoísta. Acovardou-se. Não foi homem o bastante para enfrentar e resolver os problemas.

O ateu não disse mais nada, mas desfez as malas.

Alguns dias depois, num encontro de casais, ele se levantou e, com a voz embargada, ironizando a si mesmo, rindo, declarou:
– Eu sou ateu… “Graças a Deus”.

E todos os demais participantes do encontro, também rindo, replicaram em alta voz:
– Ateu não diz “Graças a Deus”.

Compartilhar

Comentários encerrados.