A Doação da Cervejaria, trapaceando o Diabo

Numa pequena cidade dos Estados Unidos, havia uma igreja bem tradicional e uma fábrica de cerveja.

O pastor não poupava ataques à cervejaria em suas pregações.

Por razões pouco esclarecidas, a fábrica resolveu fazer uma doação de 150 mil dólares para a igreja, gerando um grande tumulto na cidade.

Os membros mais ortodoxos foram unânimes em denunciar que aquela quantia era um suborno satânico, que não poderia ser aceito.

Passada a exaltação dos primeiros dias, acalmados os ânimos, os mais ponderados começaram a analisar os benefícios que aquele dinheiro poderia trazer às instalações da igreja e, consequentemente, para toda a comunidade, como a reforma do salão de festas, por exemplo.

Reuniu-se, então, a igreja em assembléia para uma tomada de decisão. Depois de muita discussão a proposta foi aceita e registrou-se o seguinte no livro de atas:

“Por maioria de votos, resolveu-se aceitar a doação de 150 mil dólares feita pela cervejaria na firme convicção de que o diabo ficará furioso quando souber que o seu dinheiro vai ser usado para a glória de Deus”.

Compartilhar

Comentários encerrados.