A Igrejinha dos Gansos

No livro “Igreja: por que me importar?”, Yancey cita uma parábola de Kierkegard, filósofo dinamarquês. É a história de um grupo de gansos que freqüentava uma igreja evangélica.

Todos os domingos lá se iam eles, bamboleando até a igreja, daquele jeito engraçado de andar de ganso.

O pastor pregava sempre o mesmo sermão:
– Não precisamos andar somente sobre a terra, presos a este lugar. Podemos alçar nossas asas e voar até as regiões mais distantes, subir até os climas mais abençoados, se tão-somente guardarmos e cumprirmos os mandamentos do Senhor nosso Deus.

A gansarada toda dizia “Amém!”, em altos grunidos. E batiam suas asas alegremente.

Terminado o culto, lá se iam os gansos, bamboleando de volta para suas casas.

Ouviam a mesma mensagem todos os domingos, diziam amém, batiam suas asas e continuavam na mesma.

Compartilhar

Comentários encerrados.